Categorias: Textos e Poesias

Minha Fofolete

 

Filha minha,

Meu docinho,

Meu algodão doce.

Como você pode ser tão meiga e ao mesmo tempo forte como um leão ?

Como você pode transmitir toda essa paz e energia pelo olhar ?

Você, meu brigadeiro de Nutella…você que transformou  minha vida em tons de rosa e em um mundo encantado de babados e laços.

E me deu de volta minha boneca. Só que agora é de verdade … Minha “fofolete”, eu te escolheria milhões de vezes se tivesse esse poder.

Obrigada minha filha,  por me escolher como sua guardiã 💕.

Obrigada Deus, por me confiar esse presente.

Autoria: Daniela Figueiredo

(texto orginalmente publicado em meu perfil do instagram @sonhodiferente em 30 de abril de 2018)

Deixe seu comentário