Categorias: Inclusão, Jóias raras

Você sorri para vida? Dica para mudar sua forma de enxergar o mundo

Não importa se você tem um filho com necessidades especiais ou não. Todos nós passamos por situações difíceis nessa vida. Pode ser um divórcio, a perda de um ente querido, de um emprego… Não importa qual seja a sua situação, acredito que você deve ler este post até o fim. O que eu vou contar aqui me ajudou a superar uma fase muito dura e tranformou a minha forma de enxergar as dificuldades. PS: Não é publi !

Eu tinha acabado de receber o diagnóstico da Luísa, depois de uma longa luta que eu resumo aqui. Estava perdida. Sem rumo. Sem forças. Sem saber o que fazer. Estava ávida por informação. Não informações técnicas, do tipo: – Qual melhor método de Fisioterapia? – Quais os direitos da criança especial no Brasil?

Mas sim, estava na busca de suporte emocional. Eu queria muito saber o que os outros pais faziam. Eu queria muito saber como as pessoas continuavam vivendo. Eu queria muito saber em qual força eles se apegavam.

Na internet estava complicado encontrar material de apoio. Porém, um certo dia, ao invés de digitar  somente “criança especial”, eu digitei: “Pais de crianças especiais”.  Fui levada a um blog de um rapaz com paralisia cerebral. Em um de seus posts, ele fazia um elogio a um livro. Livro este que se chamava “Sorrindo para a Vida”. E que falava justamente sobre isso: Como os pais de crianças com necessidades especiais superam as dificuldades.

Entrei no site de todas as livrarias e sebos online e nada de encontrar o tal livro. Dessa forma, me ocorreu a ideia de digitar no facebook  “Sorrindo para Vida”. Felizmente tive a sorte de encontrar a funpage do Sorrindo para a Vida.

Descobri que se tratava de um resumo de histórias de famílias que tem ou tiveram filhos especiais. Descobri que toda a renda é revertida para instituições voltadas para crianças com necessidades especiais. Cliquei no botão “comprar agora”. Ao invés de me direcionar para uma página de pagamento, veio alguém falar comigo. Para minha surpresa, era o próprio autor do livro, o Sudério.

Além de ser muito gentil, ele se interessou pela história da Lulubinha. Falou algumas palavras que me confortaram. E me enviou o livro antes mesmo de eu pagar. Em menos de uma semana estava com ele nas mãos.

Já chorei ao ver a capa. Tinha uma foto de cada criança do livro. Todas sorrindo e felizes. Isso dizia mais do que milhares de palavras. E o subtítulo: “Histórias de amor, superação e fé.” Li o livro em menos de dois dias.

Foto: capa do livro, disponível em: @livrosorrindoparaavida.  

Entre lágrimas e sorrisos, me emocionei com a história de cada família. Senti como se fossem amigos próximos. Senti que eu não estava sozinha no mundo dos pais de crianças especiais. Percebi que sim, é possível, seguir em frente. É possível encontrar a paz e a felicidade. É possível ter uma vida mais leve, apesar das dificuldades.

Marcava com marca-texto as frases que mais me serviam de inspiração. Uma delas foi uma do próprio Sudério: “Cada minuto entregue à tristeza é um minuto perdido na luta por uma melhor qualidade de vida aos nossos filhos”. Essa frase ficou gravada na minha alma, assim como várias outras ao longo do livro.

São doze histórias emocionantes. O Sudério também conta sua história no livro. Ele tem um filho, o Suderinho Cacau, que um dia chegou a ter o diagnóstico de “Estado Vegetativo”`. Hoje, com oito anos, é uma criança muito feliz. Além de ser um famoso corredor no Ceará. Ele participa de corridas junto com seus pais e outras crianças, com ou sem necessidades especiais. Os pais acreditam que a atividade física é fundamental para o desenvolvimento. Dessa forma, a “Corridinha Therapias” que o Suderinho participa veio para estimular o esporte e a inclusão. A ideia é que todas as crianças vão conseguir, cada uma do seu jeito, cruzar a linha de chegada.

Esse é o Suderinho Cacau em uma de suas corridas. Olhem que exemplo de força de vontade e superação. (foto: cedida pela família).

E o Sudério pai, o autor do livro, hoje tem a grandiosa missão de levar as lições do Sorrido para a Vida para ajudar a muitas outras pessoas. O último fórum que ele participou foi o Fórum IEP de sustentabilidade nos dias 05 e 06 de outubro de 2017, quando recebeu a premiação “Comenda Transformando Vidas”. Um passarinho também me contou que o “Sorrindo para a Vida 2 “ está por chegar. Vou ser uma das primeiras a comprar e ler.

Obrigada Sudério, e todos os demais colaboradores do livro. Vocês não imaginam como me ajudaram, e certamente continuarão ajudando muitos outros pais e mães como eu. E volto a dizer: a leitura vale a pena não somente para os pais de crianças especiais. Mas para qualquer pessoa que esteja passando por algum momento difícil nessa vida. Pois as histórias contadas são capazes de transformar o nosso interior e a forma de ver o mundo.

Gostou deste post? Compartilhe. Compartilhando você poderá ajuda a muitas outras pessoas.